O AVANÇO DA TERAPIA FOTODINÂMICA - PDT - NA ESTOMATOLOGIA!



Resultado de imagem para laser pdt

O laser de baixa potência atua com efeito terapêutico, promovendo analgesia, reparação tecidual e modulação da inflamação. Estes lasers, porém, podem apresentar índice de redução microbiana na faixa dos 99-100% quando utilizados em associação com agentes fotossensibilizadores. A associação de uma fonte de luz com o comprimento de onda no espectro vermelho, cerca de 660 nm, que irá interagir com um agente fotossensibilizador para morte microbiana é chamada de terapia fotodinâmica (PDT, do inglês, Photodynamic Therapy).

Na Odontologia, a grande maioria das patologias está relacionada a bactérias, fungos e vírus, e a PDT apresenta-se promissora com diversas aplicações e inúmeras vantagens, dentre elas o custo, a ausência de efeitos colaterais e a impossibilidade de resistência adquirida por bactérias.

O uso indiscriminado de antibióticos para o tratamento de infecções pode gerar o aumento na seleção de microrganismos, tornando-os mais resistentes aos medicamentos. A Terapia Fotodinâmica é mais uma ferramenta eficaz no tratamento por agir diretamente no foco do problema, reduzindo assim o uso de medicamentos.
Inúmeros agentes fotossensibilizadores atuam de maneira eficaz na PDT, sendo o Azul de Metileno o mais utilizado.

Duas concentrações de azul de metileno, 0,005% e 0,01% são utilizadas. A primeira é indicada em casos onde não haja exsudato, sangue, fluido gengival, saliva ou qualquer outro tipo de diluente ou conteúdo proteico, como canais radiculares e superfície dental (após o preparo protético ou cavitário). Na presença destas substâncias, opta-se pelo AM a 0,01%, mais concentrado, portanto.

Para lesões em estomatologia como a herpes labial, indica-se o azul de metileno a 0,01% deve ser aplicado sobre lesão, e o tempo pré-irradiação de 5 minutos será aguardado. Após este tempo, foi realizada a irradiação da lesão com laser de baixa potência na faixa do vermelho visível, com a ponteira posicionada perpendicularmente e em contato à superfície. Foram feitos pontos de irradiação, de maneira a abranger toda a área da lesão, com pontos adjacentes, porém sem sobreposição entre eles. É indicado o tempo de irradiação de 10 segundos por ponto, 4 J de energia por ponto.Dependendo da necessidade de uma analgesia mais profunda, pode-se utilizar a mesma conduta com laser infra vermelho. A PDT tem demonstrado resultados satisfatórios em lesões do herpes labial. O herpes labial é geralmente tratado com medicamentos tópicos e sistêmicos, a exemplo do Aciclovir e Valaciclovir, entretanto, nenhuma das opções medicamentosas mostrou ser completamente eficaz na eliminação dos sintomas provocados pelo vírus. Dessa maneira, a ação da PDT nas lesões provocadas pelo vírus do herpes ocorre por meio da aceleração do reparo da lesão, e os pacientes relatam uma melhora significativa na sintomatologia dolorosa e no desconforto. Além disso, seis horas após a realização da PDT, já pode ser detectada a regressão dos sinais e sintomas desta afecção

Já para a úlcera aftosa recorrente, a mesma conduta de porcentagem do azul de metileno a 0.01% e tempo 5 minutos de pé – irradiação, são indicados em torno da lesão, porém o tempo de aplicação vai 20 segundos, 2 joules de energia por ponto.

Na literatura, a utilização da PDT em outros tipos de patologia também é descrito com resultados interessantes, como queilite actínica, líquen plano e sarcoma de Kaposi.

As vantagens da PDT na aplicada na Estomatologia são: possibilidade de tratamento simultâneo de lesões múltiplas e incipientes, ausência de efeitos colaterais, tempo de cura relativamente curto, resposta satisfatória em pacientes imunocomprometidos, boa tolerância do paciente ao tratamento, inibição da resistência adquirida de microrganismos além da possibilidade de repetição do tratamento sem acúmulo de toxicidade.

A estomatite protética representa um tipo de candidíase comum em pacientes portadores de próteses, e o tratamento convencional se baseia na prescrição de antifúngicos. Estudos têm demonstrado resultados promissores com o uso da técnica da PDT, que se assemelha à eficácia da nistatina oral, medicamento de primeira escolha para o tratamento da candidíase orofaríngea leve. As vantagens dessa terapia inovadora englobam a necessidade de poucas sessões para promover o efeito antimicrobiano desejado, além de ser uma técnica minimamente invasiva e bem tolerada pelo organismo. Já a solução de nistatina requer múltiplas aplicações e por um período prolongado, além da queixa de gosto desagradável, por parte de alguns pacientes, náuseas e vômitos. Laser de de baixa intensidade com comprimento de onda de 660nm, após o período de 5 minutos pré irradiação do azul de metileno 0,01%, a 2mm de distância, aplicado com sistema de varredura,  3,0 J por ponto, 2 sendo feita uma aplicação por dia com duração de 5 minutos e intervalo de 72 horas entre cada aplicação totalizando 4 semanas de tratamento, ou um total de 8 aplicações tem excelentes resultados.

Vale ressaltar, no que diz respeito às taxas de recidiva, que as terapias apresentam índices elevados, demonstrando efeito a curto prazo. Mais estudos com a PDT precisam ser realizados com diferentes protocolos na tentativa de se obter melhores resultados, e quem sabe, tornar-se o novo padrão ouro para o tratamento da estomatite protética.

É importante ressaltar que cada microrganismo responde de forma diferente aos fotossensibilizadores. Assim, a terapia torna-se específica para cada aplicação, por exemplo: o tipo do fotossensibilizador, sua concentração, o tempo pré-irradiação, o tipo de luz utilizada na fotossensibilização, o comprimento de onda, a energia, a potência, o modo de entrega da luz etc. Dessa forma, para o melhor resultado deve ser usado o protocolo específico em cada aplicação.

Como um profissional atualizado, eu Cristiano Trindade,autor deste blog, acompanho a evolução da odontologia, e indico o curso da Dra. Meire Maman, no site www.fotobio.com.br. O curso aborda com excelente conteúdo a utilização do PDT baseada em evidências e suas indicações. Esta ferramenta é uma excelente fonte de contribuição na qualidade de vida e conforto dos meus pacientes em Belo Horizonte.

Por, Cristiano Trindade.

Comentários

  1. Justo as informações que procurava sobre dentista. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha acompanhado o Blog Lucas! Sempre terá novidades. Abraço

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas